O que a difere das demais artes?

A arte musical nos oferece incomensuráveis sensações de alegria e prazer, no seu mais amplo sentido e em diversos aspectos. A combinação de sons nos traz momentos de sublime aderência ao apurado gosto estético.

Quando comparamos as diferentes artes, percebemos que elas diferem pela maneira com que a aprendemos. Porém, o que difere a arte musical das demais é o sentido por excelência da receptividade sonora, ou seja, a preferência proveniente das pessoas pelos sons.

Se fossemos apontar um sentido a jugarmos ser mais importante, claro que diríamos que seria a visão, porém, em matéria artística, a sensação sonora parece ser mais profunda do que as sensações visuais provocadas pela pintura ou escultura.

Não podemos descartar o valor que cada arte possui, entretanto no campo da expressão artística, podemos notar a grande atração pela música, que vem ocupando lugar de destaque nas pretensões da conduta humana.

Arte musical x estudo

Atraídos pela beleza estética da arte musical, cada vez pessoas vem se interessando pelos conhecimentos musicais através de instrumentos musicais e pelo canto.

Porém, é de suma importância, uma formação musical através de uma iniciação consciente, desenvolvendo a aprendizagem em sequências que envolvam elementos gráficos, rítmicos, melódicos e harmônicos.

Como em qualquer arte, a música exige uma demanda de tempo e muita dedicação. Dentro do campo musical, o canto parece ser mais acessível a todos que querem conhecer mais detalhadamente essa arte. Porém, devemos ter um certo cuidado, que assim como qualquer instrumento, a voz exige algumas horas de estudo diário, e um cuidado ainda maior, por ser um “instrumento muito delicado”.

Dedicação leva à excelência

É bem certo que, atualmente não encaramos a música ou o canto como arte. Por vezes, não fazemos essa ligação, mas se a pessoa tem o desejo de entregar-se a essa arte tão apreciada por todos, tem que se conscientizar que dedicação e foco é primordial para que seja realizado de maneira excelente!

Arte Musical: beleza sonora e receptividade sonora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *